Como parte do projeto de compensação ambiental prevista no licenciamento da construção da nova ponte sobre o rio Guaíba (RS), a construtora Queiroz Galvão doou 1,8 mil mudas de 40 espécies de árvores para a Aldeia Guajayvi. Localizada a 50 quilômetros de Porto Alegre, a área passou a ser ocupada pela tribo guarani, após uma concessão dada pelo Estado do Rio Grande do Sul, em 2013. As condições do terreno, no entanto, em nada lembravam a Mata Atlântica, nativa da região: a degradação da terra criou em seu lugar um descampado que começa a ser recuperado. Entre as espécies doadas pela companhia, está a Erythrina cristagalli, popularmente conhecida como corticeira.

Fonte: Isto É Dinheiro

Comments are closed.