A Estação Jardim Colonial da Linha 15-Prata do Metrô de São Paulo, que passa a ter 14,6 km de extensão, ligando a Vila Prudente à região do Iguatemi, foi inaugurada na tarde de ontem, 29 de dezembro de 2021.

O Governador em exercício Rodrigo Garcia entregou o novo trecho com mais 1,75 km. A cerimônia de inauguração contou também com as presenças do secretário dos transportes metropolitanos, Paulo Galli; do diretor presidente do Metrô de São Paulo, Silvani Pereira, e de representantes da Queiroz Galvão, responsável pela obra.

O aparelho tem 4,5 mil m² de área construída, com sanitários públicos e estrutura totalmente acessível. São três elevadores e nove escadas rolantes, além de piso especial podotátil e paraciclos para o estacionamento de 80 bicicletas. Também há portas automáticas de segurança que abrem na chegada dos trens. O “Telhado Verde” cobre as lajes dos dois acessos da estação – um em cada lado da Avenida Ragueb Chohfi – com jardins e diversas espécies de plantas. Ao todo são 218 m² de jardins, ajudando a melhorar o ar da região e auxiliar para a redução às ilhas de calor.

O aparelho vai atender 40 mil pessoas por dia, possibilitando aos moradores da região uma redução de 34 minutos no tempo médio de viagem até a região central. O conceito arquitetônico da Estação do Jardim Colonial visa interferir o mínimo possível na paisagem local.

Construída pelo Metrô de São Paulo, a Linha 15-Prata é o primeiro monotrilho de alta capacidade de transporte do Brasil que conecta as regiões leste e sudeste à toda rede de trilhos de São Paulo. O monotrilho possui características similares ao metrô convencional, porém seus trens trafegam com pneus sobre vigas de concreto elevadas.

Com a abertura da Estação, a rede de transporte sobre trilhos em São Paulo chega a 377 km de extensão, atendendo 23 municípios por uma única tarifa. Somente na Região Metropolitana de São Paulo são 353 km de trilhos, sendo 104,4 km nas linhas de metrô. “Essa é a quinta estação que entregamos desde 2019. Desde quando assumimos o governo, trabalhamos todos os dias para retomar as obras que estavam paradas e a Linha-15 é um bom exemplo disso. A mobilidade numa cidade como São Paulo talvez seja, ao lado da saúde, aquilo que mais importa às pessoas”, afirmou o Governador em exercício durante o evento de inauguração.